quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Todo "final do ano" é normal colocar em uma balança o que foi bom ou não no ano anterior, todos fazem isso. Simpatias se tornam um habito, promessas de final de ano e somente de final de ano são frequentes rsrrs e sempre temos mania de olhar a vida alheia.

Bom eu não sou diferente mais como sempre sei ser mais intensa, o meu ano de 2009 foi um misto, tenho por mim que foi um desastre mais as vezes acho que foi o melhor ano da minha vida rsrsrs
Fiz loucuras nunca feitas, me doei, me entreguei de corpo e alma, desisti do grande amor da minha vida por ter certeza que não era amor mutuo,e ganhei o melhor presente de toda a minha vida!!
É quase um pecado confessar mas, sim, eu quero mais.
Quero não ter nenhuma condescendência com o tédio, não ser forçada a aceitá-lo na minha rotina como um inquilino inevitável. A cada manhã, exijo ao menos a expectativa de uma surpresa, quer ela aconteça ou não.
Expectativa, por si só, já é um entusiasmo.
Quero que o fato de ter uma vida agora responsavel e sensata não me roube o direito ao devaneio. Que eu nunca aceite a idéia de que a maturidade exige um certo conformismo. Que eu não tenha medo nem vergonha de ainda desejar, de surtar de amar apenas uma noite.
Quero uma primeira vez outra vez, um primeiro beijo em alguém que ainda não conheço, uma primeira caminhada por uma nova cidade, uma primeira estréia em algo que nunca fiz, quero seguir desfazendo as virgindades que ainda carrego, quero ter sensações inéditas até o fim dos meus dias.
Quero diversão, não morrer um pouquinho a cada dia sufocada em obrigações e em exigências de ser a melhor mãe do mundo, a melhor filha do mundo, a melhor qualquer coisa.
Gostaria de me reconciliar com meus defeitos e fraquezas, ter a minha propria biografia, deixar que vazem algumas idéias minhas,que não são muito abençoáveis ou digestivas.
Queria não me sentir tão responsável sobre o que acontece ao meu redor. Compreender e aceitar que não tenho controle nenhum sobre as emoções dos outros, sobre suas escolhas e sobre as coisas que dão errado e também sobre as que dão certo.
Me permitir ser um pouco insignificante.
E na minha insignificância, poder acordar um dia mais tarde sem dar explicação, conversar com estranhos, me divertir fazendo coisas que nunca imaginei, deixar de ser tão insana mas nunca deixar de ser eu mesma, me conectar com as minhas outras possibilidades de existir.
O que eu quero mais? .
Nem eu mesma sei, so sei que dentro de mim vive HOJE o meu melhor, e é nela em que eu penso todos os dias quando escuto o meu maldito relogio despertar as 04:00 da manha todo santo dia.
É na Marina minha filha que eu lembro quando me falta chão, e sei que é ela quem vai me dar o tal do amor que sempre esperei receber de alguem, não me importa os meus sonhos, vontades, desejos e insanidades o que eu quero mesmo "É SER FELIZ" e fazer a minha filha feliz com o meu AMOR.





Que venha 2010 e que seja longoooo pq vai ser o melhor ano da minha vida!!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

E eu me transformo...

A cada dia que se passa me sinto mais frágil, é engraçado pois aquela que sempre se julgou tão durona esta chorando atoa.


Hoje choro por momentos perdidos e desperdiçados, choro por ter me iludido com a pessoa que irei ter que lembrar pelo resto da minha vida, o que não é tão ruim porque a cada dia que passa e que a minha raiva aumenta eu vejo e me dou conta que não posso viver até o resto da vida em um “conto de fadas” isso definitivamente não existe.

A desilusão tira o que a ilusão nos da, e isso é como chocolate com pimenta.

Um dia em minha orações eu pedi a Deus para não ficar mais sozinha e ele me ouviu e me atendeu com um filho, ás vezes me pego sendo brutalmente cruel comigo mesma, graças a Deus isso passa sempre passa.

Na terça-feira passada o meu pai foi assaltado e graças a um carro blindado os 2 tiros disparados e bem mirados em sua cabeça não o fez mal nenhum, mas depois disso eu fico sonhando todas as noites com o pior e penso “ como Deus é bom comigo e eu ainda reclamo”.

Na vida temos vários momentos, momentos de guerra e paz, momentos em que só nos sabemos o que fazer e aqueles que nem sempre tomamos as decisão correta, mas o meu melhor momento vai ser o meu amanha.

Ainda tenho vontade de ter alguem que me ame mais do que eu mesma, ainda quero sentir o meu coração pulsar por um beijo, ainda espero escutar um poesia barata e pensar que foi feita realmente para aquele momento e para mim, mas acima de tudo eu quero estar bem comigo mesma, ter uma família e hoje mais do que nunca SER ALGUEM o que hoje eu não sou.

A respeito da tal raiva que ando falando tanto aqui e que algumas amigas me indagam tanto e eu não comento pelo o meu jeitinho de ser rsrsrs é que é fácil fazer discursos na hora do sufoco, é muito fácil apenas falar, esbravejar felicidade falsa e cruel, mas o o que me irrita e hoje me enoja é o fato do Homem que faz e acontece e que um dia eu acreditei ser uma bela pessoa, que eu me deixei envolver e que me apaixonei tão intensamente e insanamente me decepcione tanto com suas atitudes.

Já deixo bem claro o fato de não estarmos juntos não é o que me deixa triste, mas sim o fato de ficar falando pra todo mundo “vou ter um filho, vou ser pai” e em 3 meses de gestação só ter perguntado por ele meras 5 vezes, não se importar com o que acontece, não saber que quase perdi o nosso fruto por ter escorregado no banheiro ou pelas quedas de pressão que me preocupa ultimamente, ou simplesmente por não saber que tamanho o seu “filho” esta, isso sim me entristece e me deixa com raiva.

Eu sei que isso apenas me faz mal e que não sou eu quem estou perdendo talvez o melhor acontecimento da minha vida, mas nunca imaginei que iria ser assim, desabafei e isso me faz bem a vc papai so deixo um recado NÃO DEIXE UM PEDACINHO DE VC MESMO SE PERDER ASSIM TÃO FACIL, AFINAL ELE NÃO PEDIU PARA NASCER..





A todos as minhas flores EU VOLTEI

domingo, 18 de outubro de 2009

Quanto tempo não escrevo aqui...




Senti saudades da minha criatividade, da minha vontade de me sentir mais feliz, enfim aconteceram muitas coisas nestes dias, nestes meses.



Para os que me conhecem talvez eu tenha me tornado um pouco fria, para aqueles que achavam me conhecer ou fingem ate hoje serem meus “amigos” o que é irrelevante eu só estou sendo “natural” mais o fato é estou diferente.



Bom vamos la, o resultado daquela noite incrivelmente insana que tentei descrever em um texto que foi brutalmente barrado pelas minhas amigas rsrs é um ser, que já vive e pulsa dentro de mim, que me fez sentir mulher, nossa vou ser mamãe e definitivamente uma gravides não estava em meus planos.

É tão estranho um misto de sentimentos, horas eu me sinto a melhor mulher do mundo, horas eu morro de medo estou em pânico,mas sei que posso contar com todos que me amam de verdade.

Ultimamente eu não ando com muita inspiração e devido a isso eu não tenho mais feito os meus textos e nem entro mais na net que antes era a minha companheira diária, não sinto mais vontade de escrever nem me divertir, a minha mãe diz que é normal, eu realmente não acho normal não, aquela Carol cheia de vida parece que sumiu, simplesmente desapareceu do mapa, mas sei que vai passar esta falta de vaidade, sei que a raiva que eu estou sentindo do pai do meu neném tbm vai passar, a minha falta de humor e as minhas dores de cabeça que me consomem é só uma fase,mas o que eu queria dizer realmente é que eu já amo o meu filho seja menino ou menina, seja o que for EU já AMO VC meu fruto e tudo que a mamãe puder fazer para vc ser grande e forte a mamãe vai fazer.

Não vou poder tirar ele deste mundo feio cheio de pessoas malvadas e maliciosas que exploram e destroem tudo o que é vivo e bonito, e muito menos vou poder mostrar quem é amigo ou não embora ultimamente eu não acredite mais nesta palavra e neste sentimento, hoje eu posso dizer que tenho poucos amigos de verdade e nestes eu confio de verdade, mais pro meu filho eu vou poder dar amor mais do que eu tive, vou poder dar um lar e é neste lar que ele vai aprender a ser o melhor, e é isso que quero pra ele somente isso.


A todos os textos e frases feitas para a CAROLINDA rsrsrs agradeço de coração, as pessoas que eu amooo de verdade como a minha irmã e a minha LARISSA LACERDA que falaram e demonstraram carinho o meu muito obrigadoooooo, a Jeeh com as palavras de carinho o meu orkut que é bombardeado de frases carinhosas e preocupações eu agradeço de coração mesmo...

E estou aqui a mesma, um pouco madura, sem muita criatividade e inspiração e muito mais barrigudinha mas ainda estou aqui falando o que eu penso e demonstrando toda a minha intensidade, é tanta intensidade que fiz ate um baby rsrsrsrs



Beijos da Carol Novaes ( a mamãe do ano )

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Intensidade






É tem muitas pessoas que insistem em dizer que eu sou INTENSA e eu fico pensando: hãm será porque eu sou intensa???


Bom eu sei sim o porquê e para falar a verdade eu adoro ser assim, embora muitas vezes eu sofra com isso, mas e daí???
Eu gosto é de sentir, sentir dor no amor, paz na guerra, alivio em um soco, cansaço em uma noite de prazer é isso que me deixa contente.

Há quem diga que eu me escondo e outros dizem que eu me revelo eu digo que eu vivo...
A sensibilidade não esta nos teus gestos, mas sim nos teus atos e eu sou a “senhora sensível” rsrsrs

Eu já fiz muita coisa nestes 22 aninhos, aff já realizei varias vontades e deixei algumas para realizar um pouco mais tarde, eu já chorei quando não queria, já disse que odiava mesmo amando demais, já me queimei com chapinha, já fui falsa, já bati e apanhei inúmeras vezes, já tive duvidas e tenho ate hoje, já fiz de musica um lema de vida (e no meu caso o meu cd é imenso) já fui insana, depravada, santinha e infiel eu já fingi orgasmos e já tive muitos sozinha, já chorei de alegria e dei gargalhadas quando estava muito nervosa, odeio frases feitas mas amo repetir ditados eu ainda não aprendi a me amar e nunca achei uma agulha em um palheiro rsrs eu vivo dez mil dias ou um dia dez mil vezes e o melhor EU SEMPRE SOU EU MESMA DOA A QUEM DOER, e em tudo isso eu necessito de amor sempre o amor faz parte de mim da minha historia eu amo amar seja o que for e quem for, eu amooo demais e isso não chega a ser um erro, mas um tanto quanto exagerado confesso.

Nunca me esqueço das pessoas a minha memória é extensa se me falar algo que não me interessa é bem capaz que eu me esqueça em meros dez segundos, mas se disser algo que me arranque um sorriso ou uma lagrima eu me lembrarei pelo o resto da minha vida, pode ter certeza disso.

Sou o que se pode chamar de mulher de inúmeras qualidades e milhões de defeitos, mas com tudo isso eu irei sempre te dar um abraço um beijo e te levar pra cama, irei sempre te perguntar o que te aflige e como foi o seu dia, irei dar os meus ataques de ciúmes, mas em seguida sentarei no seu colo e te pedir um beijo e vc sempre vai se lembrar desta garotinha sentimental tenho certeza disso!!

Portanto quando for me amar venha com tudo, me arranque o que eu ainda não sei que tenho, não fale somente faça, sem medo sem princípios meios e principalmente sem fim eu quero o conjunto, me de flores e me bata com os espinhos não tem problema tapinhas de amor não doe rsrs quero o seu Maximo, seja vc mesmo em que sentido quiser apenas FAÇA e me faça feliz a cada amanhecer do dia ao seu lado ou apenas em um amanhecer não me importo, apenas quero sentir a intensidade que eu causo em VC!!



UIIIIIIII...

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Alguém disse...

Exagerada toda vida: minhas paixões são ardentes             minhas dores de cotovelo de querer morrer, louca do tipo desvairada;briguenta de tô de mal pra sempre...                   Durmo treze horas seguidas, meus amigos são semi-irmãos,meus amores são sempre eternos e meus dramas,mexicanos!



Não gosto de meias-palavras,de gente morna,nem de amar em silêncio.
Aprendi q palavra é igual oração: tem q ser inteira,senão perde a força.
E força não há de faltar-porque-aqui dentro-eu carrego o mundo!
 
 
 
Autor desconhecido, mas acho que ele pensava em mim quando escreveu isso...Minha caraaaaaaa kkkkkkkkk

sábado, 12 de setembro de 2009

Fantasiando...

Então eu encontro a razão para depilar minhas pernas
a cada manhã.
Eu conto com alguém pra dançar nas sextas à noite
ou para ir ao MC e gritar bem alto que não quero casar.
Para plantar mais sonhos em minha mente doentia
e algum dia pensar em crianças em viagens
ou talvez apenas economizar um pouco meu dinheiro para ser alguém um dia.

Com vc eu aprendi a gostar de outro sorriso, a ter esperanças e a ver que sempre sofremos que é inevitável.
Aprendi a gostar de voz grossa e de corpo magro, a não olhar tanto o físico e a não me envergonhar de ser eu mesma.

Então eu aprendo a cozinhar
aprendo a fazer churrasco sem carne, a ficar acordada uma noite inteira e a trabalhar virada.
Aprendo o seu grito de guerra, aprendo a não ter mais nojo de arrotos e a desconsiderar o seu ronco alto à noite.
Aprendi a nem me aborrecer mais quando vc dorme e me deixa na vontade ou quando se esquece do que fizemos ou falamos em sua cama e o que mais me espanta, aprendi a gostar mais das quintas feiras chuvosas.

Nos meus sonhos eu encontrei as mãos pra me acariciar

Não há fantasmas ou cismas e eu nem tenho mais insônia
Tenho mais motivos para comprar calcinhas, embora vc diga que isso não importa e que vc nem liga.
É em vc que eu penso quando estou vindo trabalhar e o ônibus passa na rua em que passamos juntos ou quando avisto o posto de gasolina em que tivemos a primeira “DR” como vc mesmo diz.
E é por ti que o meu coração acelera e sinto dor na barriga quando te ligo ou tem a possibilidade de nos vermos.

E embora isso seja bonito de mais eu sei que não é real, é só mais um sonho, pois eu não te quero na minha vida tanto assim, sei que vou sofrer e que vai doer ate mais do que dói quando vejo que não há sentido KKKKKK, mas é bom fantasiar de vez em quando e nos meus sonhos vc é o meu amor eu ganho na loteria, vc canta para eu dormir te compro um carro novo e somos felizes entre beijos e amassos e muitas cervejas.

Fantasia ou não é o que eu sinto quando estou em baixo do seu lençol...

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

"Vc tem que se bastar"

Hoje eu ouvi a seguinte frase: Carol vc mesma se basta, ouvi isso após falar para a minha amiga (a melhor amiga que tenho hoje em dia) alguns problemas que só dividi com ela, e como já é um habito eu pensar inúmeras besteiras, besteiras estas que também estava dividindo com ela, ai ela disse a frase acima apenas acompanhada de um “tente aprender”.


Após ouvir esta frase eu pensei e tentei buscar dentro da minha alma e da minha pouca inteligência o que ela realmente queria me dizer com isso, pensei varias coisas, mas dentre todas elas a que me ficou mais clara foi à possibilidade de um dia eu não ter ninguém para dividir os meus problemas e as minhas neuras, ela quis dizer de um jeito carinhoso o seguinte ”não estarei aqui sempre Carol, vc tem que aprender a se virar sozinha” nossa isso não é de tudo ruim, mas na verdade eu acho que já me encontro nesta fase, não tenho ninguém em que possa confiar plenamente me abrir... Hoje eu queria tanto chorar no ombro de alguém o ombro da minha mãe esta lá no mesmo lugar, mas se eu chorar mesmo dando a desculpa que é de dor ela não vai acreditar e eu infelizmente não posso contar o real motivo da minha aflição da minha angustia do meu desespero. Nunca pensei que iria acontecer comigo mais aconteceu, quero dizer nem sei ainda me desespero com pouco, mas mesmo assim é aterrorizante a mais remota possibilidade.

É tão difícil ver que nada esta do jeito que deveria estar, me sinto enterrada viva em meio de tantos problemas, contas e duvidas. Por mais que eu grite não escuto a minha própria voz, troco as minhas musicas por preces e mesmo assim ainda acho que Deus nunca me escuta.

Ontem eu tentando fugir um pouco deste mundinho e da minha disfunção renal que esta me deixando doida, eu reli as minhas cartas, aquelas que eu escrevia na época que eu era casada, cartas de amor incondicional, as minhas cartas suicidas e as cartas de insanidade mental que somente ontem eu pude ver o quanto eu era doente.

Lembrei de fatos, datas, acontecimentos, vi fotos antigas demos muitas risadas eu minha mãe e minha irmã e como em um filme vivenciei tudo novamente. E isso me fez bem mas também me deixou um pouco triste.

Às vezes tenho pena de mim mesma!!

Estou pensando em deixar o meu trabalho que esta acabando com a minha vida, quero cuidar da minha saúde deixar de ser escrava de ilusões e correr atrás dos meus próprios sonhos ao invés de enricar mais e mais os meus patrões enquanto eu morro.

Mais será uma boa idéia??

Para falar a verdade eu acho que sim, mas tenho medo, na verdade morro de medo, mas eu vou tentar.

E se hoje eu encontrasse a lâmpada do gênio e se eu pudesse fazer três desejos eu pediria paz pro meu coração, mais amor em minha casa e que enfim fosse simplesmente feliz, só isso só isso me basta e somente isso que eu desejo.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

                                      Meus dias sem vc...

Meus dias sem você estão tão escuros tão compridos, sem cor.

Meus dias sem você, são tão chatos tão amargos, tão duros.

Meus dias sem você são como se não houvesse noite,
se alguma aparece é inútil dormir, penso em vc tanto que nem durmo.

Meus dias sem você são um desperdício
as horas não têm princípio nem fim
me falta ar
me sinto tão vazia, quero o seu sorriso que me da tanta alegria.
E eu queria saber porque!

Meus dias sem você são como o céu
sem lua prateada
nem rastro de sol
meus dias sem você, é só um eco
que sempre repete
o mesmo refrão.

Pisando em falso
ainda sigo esperando que volte para mim
ainda sigo buscando o seu amor.

Busco em outro o que eu queria ter de volta
me torno criança, me ponho a sonhar
Caçando motivos que me façam crer
que ainda tenho vida

E eu ainda gostaria de saber o porque?!
Eu rôo minhas unhas
me afogo em lagrimas, recordo momentos
relembro daquela noite e penso em você.

E assim eu sigo
te adorando tanto
Sentindo que vc ainda faz parte de mim e tentando entender
e eu queria tanto saber
porque que doem tanto os
meus dias sem você?
Carol Novaes

Obs: este foi o primeiro “poema” que escrevi em toda a minha vida, e me surpreendi não sabia que ia ficar tão bom rsrs


Bom pelo menos no meu ponto de vista ficou néh!

O que o amor ou a falta dele não faz com as pessoas heim?!

domingo, 6 de setembro de 2009

O mal de não me amar...

Ha alguns dias atras eu li este trecho e copiei pq achei bonito, ele diz o seguinte:

                                                                                                                                                                                                                                                                        
“Mais importante do que o "retorno" no amor, terá sido sempre a nossa disponibilidade em amar!

O amor começa primeiro por nós mesmos (amor próprio, estado interno de alma, etc.), e depois sim, poderá e deverá ser direcionado ao outro!”



E o mais estranho disso tudo é o simples fato de EU MESMA NÃO TER ME AMADO, e eu demorei a me tocar disso (não é mesmo meninas?!?! )

Ninguém ama ninguém verdadeiramente se não amar, primeiramente a si mesmo, e isso quem me fala sempre é a dona Larissa.
Pode parecer piegas e ate um tanto quanto difícil de entender, mas eu nunca me achei bonita e bela, e assim eu não me amava, nunca me admirei e talvez por este motivo nunca atraia sentimento verdadeiro do sexo oposto.
Sempre me jogo de cabeça literalmente tanto em amores e amizades, deposito toda a minha carência em busca de um “amor” e sempre o que eu tenho com estes pequenos errinhos é um FRACASSO AMOROSO!
Eu sempre misturo tudo como uma massa enorme de bolo, misturo amor com desejo e paixão o que não é uma coisa ruim, mas misturo junto a estes ingredientes a falta de amor próprio, a minha insegurança e a falta de confiança mutua.
Aff maria !

E não pensem vocês, que sei o que é isso tudo que estou a escrever, na PRÁTICA!!
Na verdade eu não sei, estou aprendendo agora após inúmeros puxões de orelha e a minha capacidade de discernir o certo do errado, eu cansei de me lamentar isso é um fato.

Sou uma mulher muito mal amada! Sei disso...
Nunca soube me amar, e acredito não ter sido amada, à altura do que sempre mereci!
Na verdade, estou engatinhando, mas confesso que já me sinto capaz de segurar na quina dos móveis, e começando a me botar de pé !
Nem sei se terei a chance de viver um grande amor nesta vida!
Creio e espero que sim... E morrerei sonhando com essa possibilidade!
Não basta eu gritar aos quatro ventos, que desejo amar e ser amada (é porque eu particularmente amoo demais) mas eu tenho que aprender a amar com menos intensidade e a me policiar sempre.

E apartir de hoje como sempre colocamos metas em nossas vidas a minha é MUDAR....Vou amar menos mas ainda sim me doarei inteira pro meu amor, não irei acreditar fielmente em tudo o que me prometem e não é pq alguém confia em vc que vc tbm pode confiar plenamente na mesma, as minhas amizades me provaram isso!!

E aprendi uma coisa com as minhas verdadeiras amigas:



Quando nos amamos, atraímos AMOR !

sábado, 5 de setembro de 2009

(...)








”Hoje, meu amor, tu serás minha caça e estou disposta a acabar com tua raça!”

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Ilusão

Quem iria imaginar que vc poderia me ferir
da maneira que vc fez!
Tão cuidadoso, mas sempre determinado


Eu comecei a roer minhas unhas, e sinto que vai ser assim por dias e noites.
É voltei a questionar minhas próprias perguntas continuamente. Voltei a sonhar com o impossível e a me decepcionar com as pessoas.
Você nem mesmo sabe o significado das palavras “me desculpe”
E fala como se entendesse mesmo o seu significado.


Eu tentei tanto ser atenciosa amorosa te dar aquilo que eu nunca tive, carinho amizade e te passei sempre confiança, mas foi tempo desperdiçado.


Eu ainda não aprendi a me amar como amo os outros e este é o meu problema sempre podemos nos amar antes de amar alguém.


Hoje pelo que parece não terá “próximos capítulos”
não terá coraçoezinhos batendo na tela do computador ou frases que esbanjam carinho e afeto.
Eu acho que isso não te faz tão bem assim e também acho que não estamos nos fazendo bem.
Você um dia me disse que ia ser verdadeiro que nunca me trairia e que não ia me iludir. Então me diz porque penso em vc tanto assim?
As mentiras são armas letais, que ferem mesmo quando você desconhece o que realmente se esconde por trás das mascaras.
Não posso viver com tanto veneno, na esperança de ver algo acontecer que de fato eu sei que não existe.
Devia ser proibido machucar o coração de alguém desta forma.


Sinto uma dor terrível aqui dentro...


De qualquer forma eu desejo a vcs dois, o que há de melhor, que ambos sejam felizes e que com este tempo que estamos dando agora que mais tarde possa se transformar em alguma coisa boa.




Assim espero!!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Decifre-me...

Hoje eu te ofereço a minha cintura, te ofereço os meus lábios carnudos para vc beijar, te ofereço também a minha loucura, e os poucos neurônios que ainda me restam.


Hoje são todos teus os meus sapatos de salto que vc tanto odeia o meu diário e todos os meus suspiros.


Só hoje vc vai saber o que eu penso em quem eu penso quais são as minhas distrações e o que eu mesmo desconheço.


Hoje o mundo esta tão pequeno, eu aqui parada olhando pro horizonte do meu computador e pensando em fazer poesias baratas, lembrando do seu rosto seu perfume, da sua voz grossa e potente das noites que passei ao teu lado e de todos os risos que sempre rimos juntos.


Ainda há esperança!!!


E por incrível que pareça não sei pra quem eu escrevi este texto, pensei em duas pessoas e não sei distinguir o que eu sinto neste momento.
Mas que fique ai escrito sempre, o que vale é filosofar e amar sempre...

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

E o meu coração pede SOCORRO..

Quando enxergamos que não estamos bem?

Hoje de manhã conversando comigo mesma, eu me fiz esta pergunta.


Eu não estou bem, estou sofrendo,com medo e infeliz, quero fugir da onde estou e as vezes penso que a morte seria a melhor opção, e o que mais me entristece é ver que ninguém enxerga o meu desespero a minha vontade de sumir.

Sabe o que é vc deitar a noite pedindo a deus para não ter que acordar na manhã seguinte?


Parece duro e cruel isso, mas infelizmente é o que eu sinto e ninguém me ajuda.
Há tempos venho me sentindo diferente, da para notar nos meus textos antigos que eu estava em mistos de alegrias e tristezas meio que bipolar, e realmente era assim que eu me sentia, passei a ouvir musicas melancólicas e românticas, achei que eu estava apaixonada e na verdade não estou,  me vi pensando besteiras mais uma vez e passei a fazer pedidos sem nexo para o papai do céu.
Não sei de verdade o que acontece comigo, não me sinto feliz nem quando eu deveria estar, pois estou viva, tenho saúde uma casa, família e amigos.
O que falta então?
Uma distração, uma sensação boa talvez tipo a que eu senti na quinta passada, ou aquela que sinto quando a minha amiga me abraça ou ate quando me perco no sorriso de alguém.
São sensações únicas que me alegram é fato ,mas que não estão mais me fazendo tão bem quanto deveriam.
E mais uma vez o meu coração pede socorro, ele grita, berra, suplica mais ninguém o ouve.
Quero ir embora daqui, quero sumir por uns tempos, queria me isolar sair de cena, ter coragem de excluir o meu Orkut e apagar o meu MSN, não vir trabalhar e ficar em casa sozinha e abandonada somente vendo o tempo passar e pensar no que me faz bem.
Nossaaaaa seria bom isso, apenas sumir, evaporar...
Mas isso talvez não seja o suficiente, eu sinto necessidade em fazer alguém sorrir, escutar os problemas dos meus amigos pra ver se eles ficam bem, adoro compartilhar as minhas loucuras com alguém ou simplesmente escrever as coisas que me acontecem aqui no meu blog, amooo ser o que eu sou, eu amo a potencia da minha voz, eu amo amar e choro agora escrevendo este texto.
Eu queria apenas descobrir o que deixa o meu coração tão triste, o que é realmente que eu preciso e do que eu tenho medo, na verdade eu queria saber o que eu escondo de mim mesma (mim não existe, mas fica assim mesmo) se é que eu escondo mesmo ou somente não quero enxergar.

Enfim acho que esta postagem vai ser a mais sincera de todas que eu escrevi, pois a cada suspiro dado a cada lagrima que derramei em cima do teclado foi verdadeira, vejo imagens nítidas em minha cabeça, como que se em cada pessoa que eu pensasse agora estivesse aqui me dizendo “eu estou com vc” e só peço uma coisinha, não desistam de mim porque eu nunca desisto de quem eu amo!!


Aos prantos



Carol Novaes

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O nosso amor inventado...


Você me fala que me ama eu digo que sou só sua, assim começa o nosso papo, somos tão inocentes ao ponto de acreditar no que ambos falam, e é bom porque temos uma sintonia incrível.


São só imaginações, nunca tivemos nem se quer uma noite nem se quer um beijo, mas temos noites de tirar o fôlego em nossos pensamentos, aonde eu não sei aonde estou e vc é o melhor amante.


Então pela tela do computador nos entendemos, discutimos nos amamos ali mesmo, trocamos confidencias é podemos dizer que pelo menos neste momento não importa quem é o mais verdadeiro na historia, é tudo mera ficção mesmo!


Somos dois, viramos um e neste momento eu posso dizer que vc é o melhor de mim e vice versa.


Versos tolos, frases feitas e desejos reprimidos, este é o roteiro desta historia que só vai se concretizar quando nos encontrarmos, quando casarmos rsrs quem sabe?

A vida é composta de doces beijos repartidos, de memórias do que ainda não se concretizou e de loucuras, inúmeras delas.

Tenho vocação do que é errado, torto e sujo mais hoje eu sei que vc é uma das coisas mais certas que pode me acontecer, e eu espero te ver logo.
Vivo de ilusões sim e daí?

É bom viver do seu jeito de vez em quando, e em nossos pensamentos mais loucos escrevemos um “verso”

Ele diz assim:


E cada noite virá uma estrela a me fazer companhia
Que te conte como estou e saiba o que há.
Diga-me amor, amor, amor
Estou aqui, não vê?
Se não volta não haverá vida
Não sei o que farei

By: Carol

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Momentos

Neste exato momento sem inspiração nenhuma apenas baixando algumas musicas, esperando o tempo passar, aguardando o meu novo gerente vir aqui me perguntar o que eu faço sentada e escutando Charlie Brow, me veio às lembranças.

Às vezes é bom pensar no que não existe ou apenas o que eu quero que me aconteça.

Estes dias eu ando me lembrando de mais da minha infância da época que eu era feliz e não sabia, ontem eu estava recapitulando desejos e vontades não atingidas e também aquelas que eu nunca imaginei, as brincadeiras que eu e a minha irma brincávamos, nossa era um Maximo ser criança.

Hoje eu não me sinto bem, tenho algumas coisinhas na cabeça em uma grande desordem, nada me agrada ultimamente nem me faz tão bem quanto devia fazer, nem tenho mais segredos e isso me assusta muitooo, ando sentindo aquela típica vontade de ir embora de abandonar novamente os meus ideais e simplesmente SUMIR.

Ai como eu queria voltar a ter 10 anos, brincar de calcinha na rua não pensar em namoro, trabalho, sexo e dinheiro (os meus vícios de hoje) queria estar ainda no meu quarto rosa beijando o meu urso e fazendo a caixa dos meus sapatos de computador ou sei lá após o almoço chamar as “coleguinhas” para brincar de “casinha” RS, durante dois anos eu brinquei de casinha e te juro prefiro mil vezes a forma antiga de brincar.


Cansei deste estilo de menina solta, de menina responsável quero entrar em EXTINÇAO.

Uma amiga me disse hoje que isso se chama AMADURECIMENTO, mas eu acho que se chama na verdade ENDURECIMENTO e isso é a vida, na verdade é a vida que eu escolhi.

Hoje de manhã eu estava no MSN com um amigo de anos atrás, da época de escola, na verdade nem lembrávamos um do outro (é por este lado o Orkut é um grande companheiro) daí o achei entre uns contatos ai, hoje trocamos MSN e começamos a nos falar mais, é engraçado porque eu gosto tanto dele, lembro de cada detalhe do seu rosto e de tudo que há tempos atrás passamos juntos, ele me fala cada coisa que eu me derreto toda, hoje planejamos o nosso casamento e a nossa primeira noite kkkk, tem base?


Adultos com os seus 20 poucos anos, brincando como brincavam na sexta série.

O mundo é pequeno, na verdade não é o mundo, mas sim a nossa cabeça e a imensidão do nosso sorriso que não conseguimos que alcance o que realmente queremos.

E a frase que ficou marcada hoje foi
“não quero apenas uma noite com vc, mas varias noites para construir a nossa historia”


Que lindoooo!!

sábado, 15 de agosto de 2009

Te sinto e te queroooo...


Há tempos eu não me sentia assim com esta sensação de estar flutuando, me pegar pensando em alguém aquela típica sensação de estar apaixonada kkkkk

Eu não estou amando já deixo claro, quero dizer eu estou me amando agora, to pensando mais em mim e conseqüentemente penso em vc que me faz tão bem.

Ai ele me desperta desejos e vontades, ele me faz bem, eu te imagino eu te conserto eu te querooooo e sempre falo isso.

Eu me cansei de beijar sapos em vão, e o meu príncipe encantado eu nunca encontrei, e assim você chegou sem poemas sem flores, com defeitos e erros, mas eu te adoro.

Sinto algo em vc, algo em nós dois que me faz insistir, quando olho em seus olhos, beijo a sua boca e a sua mão corre em meu corpo me sinto bem.

A vida é uma coleção de recordações, mas não há nada que eu me recorde tão bem como você, desde os teus lábios carnudos o cheiro do seu perfume, o tom da sua voz e a amizade que existe entre nós dois.

E a minha amiga ainda me disse para tomar cuidado rsrs eu não escutei os teus conselhos como sempre, mas desta vez sinto que é diferente, não estou morrendo de amores e nem sofrendo com os “casinhos” dele que são muitooss e eu sei de todos, mas desta vez quero somente curtir, curtir nossos momentos juntos, as noites em seu pequeno quarto, ele me chamando de delícia e ouvir as suas cantadas deprimentes no MSN, quero sair desta melancolia.

Somos uma mistura entre o mundano e o sagrado, somos depravados e fazemos somente o que gostamos, como é bom isso gente kkkkkk não penso em ficar pra sempre ao seu lado assistindo televisão e ouvindo desculpas, a vida me deu uma fome voraz e você apenas me dá o que comer, não quer que eu fuja de vc com medo que eu me apaixone, gosto de correr riscos e este é só mais um dos muitos que ainda vau passar,chorar mais ainda sair ilesa.

By: Carol Novaes

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Uma carta de despedida ...


Sinto que falta pouco para eu te esquecer por completo, na verdadete esquecer é impossível, mas falo esquecer este amor que há tão pouco tempo ardia tanto em meu peito.
Ontem foi tão bom relembrar nossos momentos tão íntimos, ver que vc ainda não me esqueceu por completo e ver que ainda há saudades, você se lembra ainda de como eu cuidava de vc e sente falta eu sei disso, sentimos saudades de tudo o que é bom e isso me conforta.
Tenho tantas coisas para te falar ainda, mas sinto que não tenho tempo pra isso, queria te falar mais uma vez o quanto vc me fez feliz embora muitas vezes eu chorasse lagrimas de sangue ao seu lado, queria te fazer sentir mais uma única vez o que é fazer amor comigo, queria ver vc tomando banho em cima do Box do banheiro, queria apenas deitar em seus braços e assistir um filme de terror com vc tentando me assustar toda hora rsrs.
O que doe mais não é a distancia, mas sim as lembranças, esperar sempre uma resposta, embora eu já tivesse a repetido inúmeras vezes, é ver que hoje vc já não me faz tanta falta como fazia antes, mais eu ainda te sinto, te quero, te desejo e acima de tudo te amooo, não com tanta intensidade mais ainda á amor aqui dentro, pulsando.

Lembranças o que significa esta palavra fora do dicionário?


Vamos modificar o que significa esta palavra pra mim?


É sentir saudades do que eu não vivi, é ter vontade de estar com você em cada momento, é ainda escutar os seus gritos quando vc marca um gol ou quando eu ficava morrendo de raiva quando vc falava que o único amor da sua vida era otimãorsrss


Lembranças sou eu poder enxergar o quanto podíamos ter sido felizes, é ver que vc não me amava tanto, mas me admirava por eu ser forte, batalhadora e fazer de tudo um pouco pra te agradar, é ver que quando eu me estressava demais você se afastava mais e mais de mim, é só hoje poder enxergar que o meu ciúme e o seu pouco caso, destruíram aquilo que existia de mais puro entre nós, é sentir falta das suas mordidas, cócegas e da sua barba me arranhando, é ver que os melhores dias e também os piores dias da minha vida foi ao seu lado e eu deixei escapar a única chance que eu tinha de ser FELIZ.

Hoje eu resolvi escrever este texto porque ouvi de outra boca a famosa frase “eu te amo e sempre te amei” e após isso eu resolvi me dar, me envolver, dançar a musica que tocarem, eu não quero te perder mais também não quero me prender a alguém que não me ama mais, e talvez nunca tenha me amado de verdade, soltei as minhas amarras estou livre!


Quero ser feliz e acima de tudo, quero a sua felicidade plena.


Enfim estou só...

Obs. Este texto foi feito para a pessoa que eu amei e ainda amo, aquele que me fez entender o significado da palavra amor, e também da palavra saudade e distancia. O amor não é tudo na vida, e só depois que eu o perdi que pude ver que sou mais do que eu pensava e esperava ser.


By: Carol Novaes

domingo, 2 de agosto de 2009


Eu nunca fui uma moça bem-comportada."
Pudera, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem orgasmos múltiplos ou pro amor mal resolvido sem soluços, choros e velas.
Eu quero da vida o que ela tem de cru e de belo
nossa que poético isso
Não estou aqui pra que gostem de mim.
Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho, e mesmo assim não gosto de todos, estou aqui para seduzir somente o que me acrescenta aquilo que eu gosto que tenha desejo e sinto tesão.

Adoro a minha poesia e gosto de descascá-la até a fratura exposta da palavra.
A palavra é meu inferno e minha paz.
Sou dramática, intensa, momentânea e tenho uma alegria em mim que me deixa exausta e ao mesmo tempo me excita.

Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo.
Sei chorar toda encolhida abraçando as pernas.
Sei ser a mais inocente das meninas e também adoro ser
a mais quente”.

Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa.
Venha a mim com corpo, alma, vísceras, tripas, desejos, vontades e falta de ar...

Eu acredito é em suspiros, mãos massageando o peito ofegante de saudades absurdas, em alegrias explosivas, em olhares faiscantes, em sorrisos com os olhos, em desejos reprimidos, em vontades incontroláveis, em gestos, em abraços que trazem pra vida da gente aquela vontade de se doar.

Acredito em coisas sinceramente compartilhadas, acredito na soma de conteúdos,
em gente que fala tocando no outro, com a boca cheia de água, com o desejo carnal a flor da pele ou
no toque mesmo, na voz, e no conteúdo.

Eu quero isso pra minha vida, quero somar, transmitir toda a minha vontade de fazer outro feliz, seja na cama ou na lama
quero sentir saudades do que eu nunca tive

Não quero mais ouvir a minha amiga me dizendovai com calma Carol, tenta não se apaixonar, vc sempre sofre e isso não deixa de ser verdade, mas e daí?
Eu não penso só no ponto ruim da coisa, vai que é bom viver de ilusões, de desejos e vontades, ficar se imaginando fazer isso e aquilo, ficar no MSN com um cara que vc nem conhece que pouco sabe da sua vida, amenos o que vc quer saber realmente, atiçar a sua curiosidade com coisas sórdidas e fúteis, mas que tanto me agradam.
Enfim eu gosto disso, aprendo palavras difíceis que só no dicionário eu encontro, e sonho a noite com coisas maravilhosas, que me fazem acordar de manha com fome de outras coisas rsrss

Já tive vários critérios hoje eu so tenho os meus vários delírios




By Carol Novaes

sábado, 1 de agosto de 2009

Verdades

Como podemos explicar o que sentimos!?!?
O sentimento alheio é podre, o meu é puro, por isso me destaco, me sinto, e às vezes me odeio!!!
Oportunidades todos têm mais poucos merecem no mínimo a minha amizade, pois sou certa, esperta e aprendi a ser severa com tantas coisas que vivi, embora muitos me achem boba, tonta e ingênua.
Não espero compreensão de todos e tão pouco me julgo perfeita “quem não tem o teto de vidro que atire a primeira pedra” e tbm não me chateio fácil com criticas e defeitos meus citados pelos outros, acho que todos assim como eu, temos o direito de achar o que quiser achar.
Mas quer um conselho, não brinque com aqueles que te querem bem e muito menos os faça sofrer, vc é totalmente responsável pelo o que cativas.
É tempo gasto lutar pelo o que vc não quer realmente, e se não conseguimos mudar nem a nós mesmos quem dirá mudaremos o próximo.

Já deixo dito que esta não é uma resposta a um texto que me fez servir uma carapuça enorme rsrs, mas sim um desabafo, eu AMOOO todos que me fazem bem e falo, mesmo que isso me mostre fraca ou que soe com ar de falsidade, o que importa é o que eu sinto e sempre vou ser assim “não ligo com o que pensam de mim” eu gosto que se haja algo errado que cheguem a mim na minha frente e me falem, assim é mais fácil para ambas as partes discutir se relacionar é a palavra mais certa.

Enfim EU SOU ASSIM!!

terça-feira, 28 de julho de 2009

A ponto de fazer BUM!!

Nossa há quanto tempo eu não tiro dez minutos pra escrever, acho que estou me esquecendo das coisas que me fazem bem ou apenas estou querendo fugir dos meus problemas.
Acho que não esta mais valendo a pena eu me preocupar tanto comigo mesmo, nada se resolve, e também não quero mais resolver nada... Vou empurrar com a barriga, eu vou sentar e esperar.
Não quero mais ouvir aquela frase que me da raiva já “Deus esta guardando algo precioso para vc “ aff...


O que?

O que é tão precioso que eu não posso ter agora ou que eu tenha que esperar tanto, ate quando eu vou deixar a minha vida passar em branco nesta grande espera?

Cansei de perguntas e tão pouco cansei de tentar obter respostas. Quebrei a corda eu to por um fio.
Não vou deixar nada pra semana que vem, quero AGORA!!

Na verdade este pode ser o ultimo dia da minha vida, a ultima chance de fazer valer a pena, vou me arriscar mais porque o futuro é o meu presente e se eu pensar bem, o presente já ate passou.

As pessoas morrem, amizades se criam amores se fortalecem da mesma forma que se esquecem, tudo tem um motivo vago, mas sempre a um motivo.

Eu estou realmente me cansando, as verdades que me dizem nem me machuca mais, nenhum motivo me corrói tanto quanto antes, nem ligo de ficar só na vontade, e a solidão nem dói como antes, talvez chutar o balde seja melhor, to virando outra pessoa, não tão boa quanto eu queria, mas me transformei isso é um fato.
Mas sabe o que é o mais interessante, eu sinto que eu estou viva, a cada banho de chuva que chega molhando o meu corpo, a cada role que faço com os “amigos” a cada sofrimento que me comove, a cada distração e a cada gota de lagrima que o meu pai me fez derramar ontem, eu to viva.

Eu falo pros meus amigos que quando eu crio uma mascara ou quando começo a fazer aquilo que nunca viram é porque to mal, amo viver sem regras e me proponho a ser diferente a mais normal possível, mas isso já esta me cansando quero ser eu de verdade, e isso não vai ser bom. Acho que estou precisando de ajuda, talvez suplicando, gritando e ninguém vê.

A minha alma nem me lembro mais em que esquina se perdeu ou em que mundo ela se enfiou, já faz algum tempo que não me sinto bem comigo mesma, tenho vontade de sair gritando igual louca, às vezes choro e dou risada ao mesmo tempo, me apaixono na mesma velocidade em que eu me esqueço e VIVA a liberdade de expressão haha

Internem a Carol em uma camisa de força porque daqui uns dias ela vai morder rsrs ou a ame, é disso que eu preciso “o tão sonhado amor” aquele que eu nunca tive.

Fim...

By Carol Novaes

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Que saudades!!!


Bom como a minha melhor amiga diz “ela descreve as suas alegrias e suas tristezas em textos enormes” e é isso que eu vou fazer agora, na verdade vou narrar uma historia ou contar uma crônica. Não sei muito fazer isso, mas lá vai...

Um dia a menina que se achava feia, se depara com um mundo totalmente diferente, aonde beijos não são proibidos, aonde ela pode sim fazer o que quer, usa roupas caras e tem aquela pessoa que antes ela não tinha aquela em que ela confia se espelha e passa a admirar e a amar.

Uma amiga naquele momento era crucial, elas não se desgrudavam e embora antes ela não gostasse nem um pouco dela “a loira” da foto da piscina de bolinha, que sua irmã a apresentou como Lary, ela a conheceu e pensou:

-Porque não?

Assim as duas se conheceram, trocaram confidencias, ela conheceu mais da vida da loira e a loira tinha com quem contar sempre. Compartilhavam choros, risos, ciúmes das outras amigas, os “caras” as ressacas e porres, as baladinhas que antes ela não conhecia e se divertiam sempre, com as fotos que tiravam, e com os sonhos que guardavam dentro daquela caixinha de gloria.

Elas nunca brigaram às vezes ela pensava que a ausência de briga era na verdade ausência de amizade, mas depois ela via que não era isso, elas se davam certo e não perdiam muito tempo com picuinhas e disse me disse, e isso bastava.

Um dia a loira resolveu ir embora, assim de uma hora pra outra, não se despediu, nenhum abraço, nenhum beijo ou pelo menos um “ate logo amiga” nada... Ela simplesmente foi e disse que não ia mais voltar.

Ela chorou muito, falou que nunca mais ia gostar de alguém novamente, que não servia nem para ter amigas e que Deus não gostava dela. Foi como se ao invés da loira ter somente mudado de cidade, ela tivesse desaparecido, pra nunca mais voltar.

Hoje elas se falaram, ambas dizem sentir falta uma da outra, contaram as novidades e riram como sempre, os “caras” mudaram, as amizades ressurgiram das cinzas, a loira conheceu aquela amiga que ela só falava pelo MSN, e compartilhou isso com ela a Carol, e hoje eu estou mais feliz, feliz porque sei que o que é de verdade nunca será esquecido, feliz em saber que amanha a minha amiga vai estar com a pessoa que ela ama, feliz por saber que ela sentiu a minha falta e mais ainda, feliz por saber que somos amigas.

Larissa Lacerda eu quero que saiba que apesar da distancia, nada vai mudar, vou sempre estar aqui, vou sempre te encher com os meus problemas e as minhas neuras, vou também querer te escutar, ouvir vc falar que ta mal e não sabe por que ou te escutar dizer “a senhorita trabalha de mais” eu vou ficar feliz em saber que vc arrumou outra amiga, ou que ficou bêbada na noite anterior, quero ir a shows com vc e dar uma de Tietê, fumar cigarro de cereja e comer o seu macarrão com atum (ai vou sentir saudades do macarrão também e mais ainda do meu rosto maquiado rsrs) enfim, sentirei a sua falta, mas ainda sim serei a sua amiga, sempre e sempre।
Se me perguntarem se este texto foi uma declaração de amor, eu direi que sim, uma despedida nunca...
Eu amo você Florinda, eu quero o seu bem e a sua felicidade, Deus esta reservando algo maravilhoso em sua vida e eu sei disso, ele me contou rsrsrs

Isso é tudo, só queria expressar mais um pouquinho as minhas saudades e a minha admiração por você, te mostrar o quanto eu sou sincera quando digo que sinto a sua falta, e o quanto eu dou valor na sua amizade.

Quero o seu sorriso de voltaaaaaaaaa!!!

Beijossss me liga rsrs

Te amoooo minha flor...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Importados,destilados e que fazem rir...rsrs

Ai como a vida é bela e ainda reclamamos dela

Sabe há dias eu estava triste porque a minha amiga foi embora sem amenos se despedir de mim, estava me sentindo traída e sozinha enfim tudo aquilo que aflige uma pessoa acontecia comigo, mas daí eu pensei “poxa eu quero viver” tudo o que acontece tem uma razão e se tem razão passa fácil।

Daí larguei o meu medo de lado, medo do que a minha amiga ia pensar se eu saísse com uma pegada dela, larguei a minha complexidade de lado e fui e foi bom rsrs

Bebi horrores, na verdade a noite se resultou em mais duas amigas maravilhosas que graças a deus e ao Vinny estavam em casa rsrs, muitas risadas, varias multas, beijos na boca, a alegria de um gringo louco totalmente pirado, dancei salsa mais uma vez, ganhei e bebi aquela bebida maldita, mas que tanto amo a Tequila escutamos frases preciosas tipo “meninas eu nunca bebi este negocio” ou “vem Carol eu te dou pezinho” esta foi seguida das “meninas o que vcs estão fazendo em cima do meu armário rsrs” e “levanta daí vc vai deixar o gringo ir sozinho, e nem vai despedir da minha amiga”dentre outras coisas que fizeram da minha terça feira espetacular।

Lembrava da minha flor a todo instante, sinto tanto a sua falta, quero aquele sorriso lindo, o seu perfume, a ouvir falar “larga de ser besta dona carolinda” ai como eu amoooo este apelido que ela me deu, passamos pouco tempo juntas mais passamos por muitas coisas maravilhosas, aprendi a amar a minha amiga sem medo, e é difícil agora eu ver que não a tenho ao meu lado, mas quero acima de tudo a sua felicidade mesmo sendo longe de mim।


E é isso se é pra ser feliz do jeito que da, vamos ser então, vamos parar de chorar dona jéh por amores e vamos viver, vamos ser amigas, vamos beber e cair em tentação uma vez, o que tem?

Pelo menos quando vc acordar e se olhar no espelho, vc vai ver que pelo menos naqueles 10 minutos, naquele momento vc não pensou, simplesmente não lembrou, pra falar a verdade eu não me lembro do meu passado há tempos e isso me faz muito mais muito bem mesmo।

Eu quero é mais, quero ser feliz e ver os que eu amo feliz também, isso me basta, me fortalece e me deixa bem.


Carol Novaes

terça-feira, 7 de julho de 2009

Ventinho frio



Bom primeiramente eu gostaria de relatar que não iria ser este texto que eu ia postar hoje, mais sim um texto que eu tinha escrito para uma grande companheira minha e ainda postarei.

Mas o que tenho a falar agora, na verdade nem
seria falar, mas sim descrever um momento não muito bom que eu tive pra ser mais exata hoje dia 07/07/09 às 19h23min eu tive uma sensação ruim, um ventinho frio soprou a minha nuca e eu vi a minha mãe chorando, e eu não estou brincando, senti isso mesmo de verdade, sempre tenho ilusões ou coisas assim e eu nem uso drogas, mas hoje foi diferente, não sei se é preocupação porque a minha mãe ta passando muito mal hoje ou se foi a febre que eu estou devido a um resfriado, mais eu senti!

Então por um minuto eu pensei e me fiz à seguinte pergunta ”o que as pessoas vão sentir se eu morrer?”

E eu realmente não sei a resposta desta pergunta, o que eu sinceramente sei é que a minha alegria de viver vai fazer falta, as minhas piadas sem graças, a minha mania de dar voltas e tentar resolver todos os problemas, os meus conselhos e dicas tortas, o meu carinho pelo o meu próximo e o amor a o amor que eu sinto pela minha mãe e por todos os meus familiares, amigos e amores.

Um dia me falaram que a vida com a Carol é uma festa, sendo assim não quero “choros nem velas” quero sim musica, roupa colorida e os meus amigos que eu amo ali do meu lado, e quero também o meu magrelo.

Sei que este texto ta parecendo uma despedida ou coisa assim, que seja então, afinal não temos certeza do amanha e isso me conforta.

Uma amiga minha me disse que eu me exponho de mais, já outra melhor amiga me disse que isso é verdade, mas que não é tão ruim assim, pois é o meu jeito Carol de ser, e agora eu me pergunto será que tenho que mudar?

Ou o meu jeito totalmente autêntico de ser me faz ser diferente?

Bom o que eu queria dizer realmente é que o que eu vivi ate hoje foi maravilhoso, a cada tombo, a cada arranhão que eu tive eu aprendi, cada pessoa que me fez rir ou chorar eu guardo um pouquinho dela no meu coração e eu sempre, sempre mesmo vou me lembrar destes que tanto me fizeram bem.


A todos o meu MUITO OBRIGADO



A e principalmente como não poderia faltar uma agulhada rsrs


“A todos que me jogaram pedras, obrigado são com estas mesmas pedras que eu estou construindo o meu belo castelo... e você esta convidado sempre a entrar”





sábado, 4 de julho de 2009

Ate que o casamento nos separe


Hoje eu acordei cedo, vim trabalhar e na minha rotina corriqueira eu abri o meu MSN, logo cedo vi que estava on line uma pessoa que eu tinha jurado não falar mais, eu queria distancia, mas a vontade de sofrer mais um pouquinho foi bem maior do que a minha promessa e em um ato de saudade, posso dizer assim,falei um “oi”.
E recebi uma noticia
Nossa a noticia que eu recebi não foi tão boa assim, o grande amor da minha vida,o meu ex-esposo esta apaixonado novamente por uma mina que não tem nada haver, ele vai cometer os mesmos erros de antes, e eu vou perdê-lo de vez agora.
Esta noticia foi me corroendo por dentro do peito,e enquanto eu falava com ele vendo a sua face na web eu chorava, chorei como uma criança que se perde dos pais, doeu muito e acabou com o meu dia.
Um dia eu falei pra ele que quando amamos uma pessoa queremos ver ela feliz, e isso não é mentira queremos ver sim, mas não imaginei que ele iria ser tão rápido, quer dizer namorar, ter outras mulheres é normal, mas pensar em casar e na igreja ainda com menos de quatro meses de namoro com a mina feiosa e do nariz grande... Que isso?
É mas é verdade, pelo o que ele me contou já estao pensando nisso.
Ai me lembrou de quando namorávamos, era tudo tão bom, maravilhoso na verdade, tínhamos a grande facilidade de fazer um ao outro feliz, era mágico, ate o dia que resolvemos morar juntos, ai sim começamos a ver os defeitos de cada um, às vezes você conhece os teus defeitos que antes você desconhecia , ficam amargos, não se amam com tanta intensidade e se esnobam। Daí eu pergunto por quê?


Será que o simples fato de dormirem juntos acaba com tudo, e neste instante eu pensei “vai ser assim com ela também” e em um súbito de memória eu me lembrei do quanto eu sofri, o quanto eu chorei por ver todo o meu mundo desmoronando em minha cabeça e eu ali de mãos atadas, sem poder fazer nada, e logo veio aquele sentimento de pena, não inveja e nem vontade de matar a “nariguda” mais senti pena o que é o pior sentimento que existe.

Sei que ambos vão tentar se doar mais que daqui um tempo não vão mais se amar como antes, foi assim com a anterior, foi assim comigo e será assim com ela também (e deus queira que eu esteja errada, de coração ).

Ai depois desta noticia bombástica que acabou com a minha manha de sábado, eu me lembrei de um texto da Martha Medeiros e o procurei feita louca para complementar o meu texto.

Ele diz assim:

Os votos na hora do casamento deveriam ser assim
- Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?
- Promete saber ser amiga (o) e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?
- Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?
- Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e, portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?
- Promete se deixar conhecer?
- Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?
- Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?
- Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?
- Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?
- Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja?

Sendo assim não os declaro casados, mas sim maduros.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Grande engano


Ultimamente eu ando com aquela típica sensação de estar sendo enganada, não sei se já me senti assim antes ou já senti tanto que agora nem percebo, mais o que esta notável é a minha capacidade de identificar quando há algo errado.

Na minha vida eu sempre tive um sexto sentido aguçadosei ver bem quando á verdade e quando estou sendo tachada de “burra” e não há quem diga que eu não cometi erros.

Sinto-me bem apesar de tudo, sei que quem esta perdendo não é eu, mas sim a pessoa que contou tantas vezes comigo e agora de uma hora pra outra muda de atitude, como se o que passou não valesse um vintém”.
Ainda me surpreendo com estas atitudes impensáveis e totalmente interesseiras das pessoas, não sou perfeita mais eu sei distinguir pessoas e pessoas, e não entendo, sinceramente não entendo mesmo.
Bom embora muitas vezes eu ainda me critique e me policio para não ser igual aos outros, aprendi a confiar mais em pessoas que me pareciam ser
inconfiáveis(se é que esta palavra existe mesmo) aprendi que nem tudo que reluz é ouro, e principalmente não é mecânico o fato de você errar um dia e repetir o mesmo erro.

Um raio cai sim duas vezes ou mais no mesmo lugar, e eu aprendi errando.

Gostaria de citar uma frase que tem em uma música do Charlie Brow jr

“Quem é de verdade, sabe quem é de mentira”

Não sei se foi tudo mentira, mas me decepcionou bastante e embora você mesma não saiba, e eu também não vou te falar, não confio mais e não troco a minha vida pela sua.

Mas também não vou deixar de gostar de você, tenho que aprender a lidar com os meus medos, e vou começar bem, eu acho... (?)

terça-feira, 30 de junho de 2009

Mulheres santas não fazem historia...


Sabe o que eu acho engraçado, é o pré-julgamento de pessoas que são mais fúteis do que eu e ainda querem dar uma de santinhas para enganar pai e mãe, eu não sou assim e deixo bem claro.

Faço o que me da vontade, tenho sangue nas veias e embora muitas vezes eu fique parada vendo o bonde passar, quando eu quero corro atrás dele sim.

Não me peça para ser quem eu não sou. Mate-me então se é este o seu desejo, e sou sincera ao dizer que se não estão satisfeitos com a minha “conduta e moralidade” se afastem de mim.

Vou continuar a falar palavrões, fazer o que eu quero quando sinto vontade, dançar e colocar o dedo na boca quando estou envolvida.

Eu não pretendo passar pela vida na ponta dos pés, sem fazer barulho.

Se as pessoas que falam mal de mim soubessem o que eu penso delas, ficariam caladas... Vivo cada dia como se fosse o último e faço tudo com a máxima intensidade e paixão possível.

E se escrever o que eu penso ou me “expor” como vc diz te incomoda, o problema é seu, se não quer ver e saber o que eu penso simplesmente passe longe daqui.

Eu sou movida a vontades, tenho apetite e os delírios mais doidos, odeio o tédio, tenho fome de aventuras mesmo que só por pensamento, é isso que me faz bem é isto que me faz sentir viva.

Se você me encontrar daqui uns 10 anos vc vai me reconhecer, autenticidade é diferente do que insanidade ou santidade, to muitooo longe de ser a Madre Tereza, na verdade também não sou o diabo nem uma mera espectadora, me comovo, choro dou gargalhadas e muitas gargalhadas.

Enfim só queria expor a minha revolta a um comentário ridículo que fizeram em um dos meus textos.

Pra você pobre de espírito só digo uma coisa: vai te ferrar se vc não tem nada a falar cale a boca, se olhe no espelho “o perfeitinha” antes de vir tacar pedras no telhado dos outros, criticas é sempre bom, mais aprenda a ser uma critica construtiva ok.

Recado dado, agora eu deixo um pra vcs quem lêem o meu blog

“Sou movida pela vontade de ser diferente e não apenas mais uma..."



Desabafei...